só música


Apesar da certeza que o dia me roubara deixando a noite entrar tão cedo, os meus planos adiados e as expressões ali ao lado a gritar:
- aqui não quero estar !
Há horas que aquele sorriso se tinha instalado, como se adivinhasse um princípio ou o fim que há muito esperava...
Vinha eu numa velocidade estonteante, naquela fila a dez há hora, contagiando os que fazem parte e ao meu lado por momentos se sentaram usufruindo, hoje, a minha saborosa companhia.
Pouca distância percorrida, confirmada pelo desespero estampado nos parceiros de viagem, quando o teu sorriso apareceu e obrigou o meu desaparecer...
Há quem entre na minha vida e fique por uns tempos, enquanto cá estão, responsáveis por algo que acontece em mim, por vezes há muito partiram quando percebo e ainda que não voltem, guardo comigo o bom que ficou.
Outros esqueço como se nunca aqui tivessem vindo...
Tu, querida Amiga, és importante e estás para sempre, fazes falta aos meus dias e sentir-me em paz contigo é só o que quero.
Por isso liguei.
Aquela música fez-me companhia enquanto esperei a voz que não ouvi.
Por isso liguei outra vez e... só música.

Volto a ligar?

4 comentários:

Elsa disse...

Liga... vais ligar sim!...
claro que vais ligar...
Há pouco tempo tive com um amigo, que já não via há dois anos embora falassemos por telem e mal... mas não é a mesma coisa!...
Foi tão bom que combinamos encontrarmo-nos uma vez por mês...
É bom ter amigos e saber que eles nos dão aquele abraço que tanto precisamos!

jokinhas...
liga, liga agora!

Elsa disse...

o mal deve ler-se mail...
lollll

zé manel disse...

Elsa,

A amizade é uma relação bilateral.
Depois de pensar, triste, concluo ser esta unilateral.


Não vou ligar...

:(

Elsa disse...

ohhh pois olha não sei!...
verdade que qq pesoas já deveria ter respondido à chamada... pode ter sido só uma má altura...
mas se for unilateral... esquec lá isso!... a amizade não se pede conquista-se e tem-se sem ser preciso nada de especial apenas sermos nós mesmos!...
Continua a ser sempre só tu mm, só assim poderás ter o mundo sem que ele espere alguma coisa que não lhe possas dar!...