006




Poupo-te como ao ceguinho. Poupo-te á narrativa do caos que a vontade empurra os dedos e a razão trava, o quanto me apetece escrever quando o que tenho que fazer é desenhar.


2 comentários:

KI [em reset mode] disse...

Que saudades do Zé Manel e do Incongruente... Por onde andas amigo?

doe disse...

Ink!
Minha querida incongruente mas nem tanto...
Saudades, sim.
E Tu por onde andas amiga?