Amachucado






Tento abstrair-me das frases soltas que continuam a pairar, interrompem-me o raciocínio e não as consigo encaixar no que me proponho fazer, autorizam a sensação que achava já esquecida a entrar.
A vida é fantástica, imprevísivel, ainda que por momentos a dificuldade de o ver seja penosa, de uma beleza surpreendente.
As pessoas também. Apesar dos ultimos tempos estarem recheados de eventos que me provam exactamente o contrário. Continuo a acreditar. Com atenção aos meus erros, ganho defesas e tento sair pouco amachucado. Outras, poucas, penso feliz, aqui posso não ter defesas. Então fico amachucado. Triste.
Tristeza multiplicada pela sensação pressentida de alívio.










7 comentários:

Joanissima disse...

Não podes erguer demasiadas defesas se a intenção é ser feliz... Se não fores magoado um bocadinho, nunca poderás constatar com profunda verdade que a vida é realmente fantástca...
E a futilidade não combina bem com o extraordinário... Por uma questão de semantica, mais que não seja.

Um beijo. Sereno. Sem nervos... : )

zé manel disse...

É fantástica.
Não gosto e não tenho uma técnica eficiente em erguer defesas, por isso saio magoado. Triste.
Tenho já a serenidade que permite olhar e acreditar, apesar de algumas pessoas não serem como quero ver, estar o mundo cheio de outras muito melhores do que imagino.
Obrigado e outro para ti. Contente. Sem nervos...
(queria escrever como tu)

Joanissima disse...

A vida é sempre o que fazemos dela. E não é apenas uma frase feita. É que somos mesmo nós que mandamos em nós mesmos. E isso proporciona que, cada dia, seja uma descoberta imensa, um sonho aberto, uma mudança na nossa história.

As defesas são necessárias mas podem virar-se contra ti se abusares delas. Protege-te mas não te encolhas.

As pessoas, Zé, raramente são como as vemos. Normalmente são como são.

: )


Um beijo.

Joanissima disse...

(gostei do novo look... embora as letrinhas sejam mais pequeninas nos comentários...)

zé manel disse...

Obrigado joanissima.
sobre o que fazemos dela poderia ficar horas por aqui, hoje.
As descobertas têm sido imensas, até estas , virtuais, a que não estava habituado e hoje fazem parte de mim.
com receio porque mais fácil aqui comunicar...
tonto... é o mesmo aqui só não se assustam.
e me aceitam...
só.

Eu sou só como sou. Também.

Incongruente disse...

A distracção embala a dor, a mágoa mas depois quando volta embate em tudo o que somos. Cansei-me das frases feitas de quem me vai ouvindo, não há dias sem dias, vão correndo ao sabor da rotina inevitável e desses momentos a que chamam espairecer.

Bem vindo ao clube.

zé manel disse...

Clube a que não requesitei a inscrição...
As técnicas aprendi e esqueci porque ineficazes.
Tudo volta e ...
... tantos sócios por aqui!